Como Escolher Banquetas para Cozinha

Como Escolher Banquetas Para Cozinha

A decoração da cozinha é sempre algo que nos agrada muito, seja reformando ou apenas fazendo pequenas mudanças para dar uma nova cara ao ambiente. As vezes ficamos horas e horas navegando no Pinterest e nos blogs de decoração atrás de uma inspiração de revestimentos, combinação de cores ou até mesmo de diferentes banquetas para cozinha, não é mesmo?

Seja uma grande Cozinha com Ilha, uma varanda gourmet ou uma pequena cozinha americana integrada, não interessa! Um dos elementos mais comuns nesses projetos são banquetas, afinal elas dão aquele toque de design que faltava e deixam o seu ambiente ainda mais interessante e confortável com formas e cores para receber os amigos e a família.

Um cuidado deve ser tomado caso você pretenda adicionar banquetas a sua cozinha ou em qualquer outro cômodo, em geral as banquetas possuem assentos pequenos e não possuem encosto ou braços para apoio. Alguns cuidados especiais devem ser tomado quando crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida ou comprometida.

Invista em banquetas de boa qualidade para que elas durem o máximo possível e não causem acidentes..

Se a sua cozinha for integrada com a sala ou com qualquer outro ambiente, lembre-se de que as banquetas para cozinha devem conversar com os móveis do outro cômodo também porque, de qualquer forma, as banquetas para cozinha estarão entre dois ambientes. Se você tem uma mesa de jantar próxima a bancada da cozinha o ideal é escolher banquinhos que lembrem de alguma forma as cadeiras de jantar, seja na forma, cor, material ou estilo.

A quantidade de banquetas para cozinha que você deve usar varia de acordo com o seu espaço! Meça a bancada ou a ilha que você pretende adicionar as banquetas e divida em espaços de 60-70cm, pois este é o espaço mínimo usado por cada pessoa sentada, a quantidade obtida é a quantidade de banquetas que você consegue colocar no local. (ex: uma bancada de 1,80 poderá ter 3 banquetas pois 1,80m/60cm = 3 banquetas).

Banquetas para cozinha devem ser fáceis de limpar e confortáveis! Isso porque a cozinha é um local onde costumam ocorrer respingos de gordura, comida ou água. Caso a banqueta conte com algum tecido ou estofado certifique-se que ele não é escorregadio, nada mais desconfortável que estar fazendo suas refeições (mesmo que rápidas) escorregando da cadeira.

A altura das banquetas para cozinha quem decide é a estatura da sua família, pois deve-se garantir o conforto de quem irá utilizá-las. Colocar uma banqueta que tem altura para uma bancada de refeições rápidas próxima a uma mesa de jantar de altura padrão é extremamente desconfortável, e para o contrário a regra é a mesma: banquinhos baixos próximos a bancadas altas dão a sensação de que estamos colados no tampo da mesa.

Uma conta rápida para você descobrir que altura de banqueta comprar é:

A altura da Bancada – 25 cm = Altura do assento da banqueta

(25cm é a medida aproximada que o assento deve ficar da superfície, assim os seus braços conseguem ficar apoiados confortavelmente na superfície da mesa)

Ou simplesmente use banquetas com alturas regulares, elas são ótimas e multifuncionais pois podem ser usadas na mesa baixa, na bancada ou em uma conversa casual na sala de estar como mesa de apoio ou banquinho para o amigo que ficou sem lugar no sofá.

Os modelos de banquetas com encosto são mais formais, pois dão uma sensação de conforto e permanência, diferente dos modelos sem encosto que nos remetem a lanchonetes fast foods, onde a bancada e a banqueta só são utilizadas para lanches e refeições rápidas.

Um exemplo clássico são as banquetas Tólix que você pode conhecer a história no nosso post sobre Cozinhas Industriais e adquirir a coleção completa das Tólix no site da Essência Móveis.

As Banquetas Master Allegra tem um estilo contemporâneo que facilmente se tornam o centro das atenções do ambiente, elas estão a venda no site da Qcadeiras e apareceram na decoração do Apartamento Pop em Israel cheio de referências musicais e dos filmes preferidos do casal.

Agora, falando de estilo de materiais e o que eles nos remetem, vamos começar com as banquetas de metal que contam com um design mais limpo mas nem sempre simples. Assim como a Stool One da Magis, elas têm um estilo mais industrial, descolado e cabem em qualquer ambiente, seja na cozinha ou na varanda gourmet.

As banquetas de madeira ou fibras nos trazem um estilo mais rústico e clássico, elas podem ser usadas em cozinhas com tons amadeirados ou em cozinhas mais clean ou minimalistas para criar contraste, um bom exemplo são estas banquetas de bistrô parisiense em fibra e tecido e as Banquetas Opzione que apareceram também no nosso post com diversos Bares e Hostels Incríveis ao Redor do Mundo.

Mas nem só de estilo rústico vive a madeira, misturada a materiais como metal, ferro ou madeira branca podem trazer ares industriais ou mais nórdicos e escandinavos, assim como a banqueta em madeira crua e branca originalmente desenhada por Erik Buch e as banquetas estilo DSW que são da família de cadeiras Eames, desenhadas por Charles e Ray Eames.

Um lugar ótimo para você encontrar móveis de designers inspiradores há um precinho ótimo é o site MUMA.com.br, assim como esta banqueta de assento de madeira com pés de ferro, que traz um caráter industrial-sofisticado incrível a sua cozinha! Confira a banqueta desenhada por GUSTAVO ENGELHARDT e de uma cara de revista a sua casa com preço justo e bom gosto.

Banquetas com materiais brilhantes são ótimos para acrescentar um toque de cor e brilho em ambientes mais limpos, assim como as banquetas de acrílico, que podem ser usadas tanto em ambientes limpos como contrastando com ambientes rústicos e amadeirados. Uma cadeira famosa que logo ganhou uma versão em banqueta de acrílico foi a Luís Ghost, criada por Philippe Starck há 15 anos com inspiração na clássica cadeira Luis XV.


Edição por Vanessa Fontes



RECEBA NOSSO CONTEÚDO POR EMAIL

Nós inspiramos você e a sua casa!


Galeria de Fotos

Como Escolher Banquetas Para Cozinha:

 

Como Escolher Banquetas para Cozinha
5 (100%) 2 votos
Tags:

Deixe aqui seu comentário ou feedback