• Home
  • Variados
  • Abstract The Art of Design: o Fotógrafo Platon

Abstract The Art of Design: o Fotógrafo Platon

Abstract The Art of Design: o Fotógrafo Platon
5 (100%) 3 votos

Abstract – The Art of Design por Netflix

Platon

Cotidianamente vivemos buscando inspiração. desde a infância elegemos ídolos,  elencamos pessoas ou personagens a quem nos inspirar. essas figuras podem nos transmitir talento, força ou poder.
Nesse Sétimo episodio de Abstract: the art of design conhecemos, através das lentes de Platon a busca em desvendar algo além dos do superficial para encontrar o ser humano por trás do ícone e sua influência. Um profissional que soube com maestria registrar e compartilhar essas histórias.
Mais do que falar de fotografia,  questiona-se sobre quem são nossos verdadeiros Heróis.

SIMPLICIDADE GRÁFICA E PODER DA ALMA

Esse episódio retrata os bastidores de uma sessão com o Ex- General Colin Powell. ali percebemos quão simples é a preparação técnica para as fotos, os questionamentos de como capturar a personalidade daquela pessoa é o que mais chama a atenção .

Publicidade do Google

segundo Kira Pollack, diretora de fotografia da Time a  característica dele é a iluminação, com destaque nos olhos da pessoa. a natureza gráfica do posicionamento da câmera, as vezes o destaque é nas mãos e na posição exagerada da pessoa. ele capta a alma.
“A partir desse momento, meu objetivo era fazer as coisas de outra maneira. Para mim, o assento, a intimidade, a conexão, a privacidade e o respeito mútuo é o que é tão inerente ao meu trabalho e não posso funcionar de outra maneira “

ÍDOLOS 

Nosso Protagonista é conhecido por fotografar as figuras mais influentes das ultimas duas décadas como Vladimir Putin e figuras que mudam o mundo como o Little Rock Nine. Mas para que alcançasse tal status ele teve de trilhar uma longa trajetória profissional , “Para alguém se expor você tem que merecer. ” 
000-Abstract-the-art-of-design-Netflix-photagraphy Platons- Fonte- ytimg

Fonte: ytimg

Depois de trabalhar para a Vogue britânica por vários anos, Platon foi convidado para NYC para trabalhar para o falecido John Kennedy Jr. na e sua revista política, “George”. ali ele tem o contato com as pessoas influentes.
Platon também, desenvolveu uma relação especial com a revista Time, produzindo mais de 20 capas para eles além de contar com uma série de publicações internacionais, incluindo a Rolling Stone, a Revista New York Times, a Vanity Fair, a Esquire, a GQ ea revista Sunday Times, mas seus retratos vão além. ele faz com que a gente olhe para uma foto e perceba que é dele.
000-Abstract-the-art-of-design-Netflix-photagraphy Platon-Capas- Revistas- Fonte-fstoppers

Fonte: fstoppers

PROJETAR ACESSOS 

Platon cresceu estudando design, o que o fez criar um respeito pelas formas e pelo espaço  positivo e negativo. Na serie ele cita a obra-prima de Frank Lloyd Wright, o Museu Guggenheim, em Nova York, onde se aplica o conceito de compressão no acesso, simbolizando o desconhecido entretanto no ambiente principal o espaço se amplia. se expande. Assim ele aplica esse conceito para suas sessões. Quando capita o espirito de alguém essa sensação de amplitude o domina por completo.
001-Abstract-the-art-of-design-Netflix-photagraphy Platon- guggenhein - Fonte- guggenhein

Fonte: guggenhein

 Mas Longe de seu Estúdio em Nova York, Abstract registra o projeto pessoal a qual esse designer se aventurou durante as viagens para sua casa de infância nas ilhas gregas. conhecemos cada nuance desse lugar incrível enquanto Platon explica o que cada elemento dali  influenciou no seu trabalho.
Os desenhos de caneta tinteiro de seu Pai, Arquiteto, que o fez crescer com essa estética em preto e branco na cabeça, os retratos simples de figuras religiosas. mostrando a cabeça e os ombros, ou mesmo a simplicidade em perceber  na luz do sol a melhor iluminação, em focar no que as pessoas tem a oferecer. no fim cria-se uma estética. é o que vem por ultimo.
Muitos dizem que Ele desenvolveu seu estilo observando o trabalho richard avedon ou irving penn mas não. O fundo branco é  por causa daquelas casas, as casas gregas.

CONSTRUIR PONTES  

Trabalhando Para a New Yorker. com ensaios em grande escala e para criar um debate respeitoso nos Estados unidos durante um ano ele trabalhou acompanhando as tropas do exercito treinando para as guerras mais recentes no país. uma das sessões principais foi no cemitério Arlington. Ao ver imagens que tinham significado pra ele, achou que significaria para outras pessoas. Ali ele percebeu que Heroi é quem inspira a pensar no nosso próprio senso de moral e nossa responsabilidade com os cidadãos do planeta.
000-Abstract-the-art-of-design-Netflix-photagraphy Platon- Militar-stories- Fonte- Time

Fonte: Time

Em 2013, Platon fundou a The People’s Portfolio. A fundação aspira a criar uma linguagem visual que rompa barreiras, expanda a dignidade, combata a discriminação e alista o público para apoiar os direitos humanos em todo o mundo. Ele atua como Diretor Criativo em Geral para o Centro de Direitos Civis e Humanos em Atlanta, GA.

Publicidade do Google

O Centro exibiu uma exposição individual das fotografias de direitos civis de Platon, que permanecem como parte da coleção permanente do museu. Uma  imagem que apresenta uma vasta gama de experiências de todo o mundo, algo que Platon tomou muito cuidado para garantir. Ele explica: “Direitos humanos e direitos civis são muitas vezes marginalizados em guetos tribais e minha missão é mostrar que todo mundo não está isolado em sua própria luta.

HERÓIS DE FATO

Nessa busca por pessoas comuns que inspiram,   o episódio  acompanha Platon em sua chega ao Congo onde, por decorrencia de uma guerra civil pelo menos 200.000 mulheres e crianças congolesas foram estupradas durante o conflito de sete anos, em um dos casos mais evidentes de agressão sexual sendo usado como uma arma de guerra.

Platon passou 10 dias  documentando as histórias cotidianas de esperança, cura e felicidade, apesar da dor que são as características definidoras do hospital Panzi. Um Centro de excelência quando se trata do tratamento físico e psicológico das mulheres que sofreram tais violações. Grande parte disso é graças aos esforços de Mukwege, um cirurgião ginecológico que fundou Panzi em 1999 como um hospital de maternidade especializada em partos difíceis. “Eu fui lá esperando ser traumatizado”, diz Platon. “Em vez disso, encontrei histórias incríveis de coragem.”

E assim percebemos que os heróis estão nos lugares mais improváveis. Pessoas que carregam diariamente em suas rotinas coragem e heroísmo, para  superar as adversidades. Esse episódio incita a olharmos personagens que geralmente encaramos como vítimas e perceber que o simples fato de permitirem que conheçamos sua história, seja por fotos ou por relatos, já faz delas Lideranças. porque essas histórias tem sim o poder de transformar o mundo.



RECEBA NOSSO CONTEÚDO POR EMAIL

Nós inspiramos você e a sua casa!


Galeria de Imagens

Abstract The Art of Design: Platon:

Tags:

Lucas deOli Freitas

Arquiteto e Urbanista em construção. Apaixonado por tudo que é feito de gente pra gente.

Deixe aqui seu comentário ou feedback